O papai jovem solteiro

Recebi nos últimos dias alguns emails de papais leitores, que me perguntaram sobre como se dar bem com mulher, mesmo sendo pai jovem e solteiro. Não vou revelar o nome deles (relaxem, Pedrão e Rafa), mas a preocupação é pertinente. Afinal, ainda não temos dinheiro para o “rolê perfeito” (cinema, jantar e motel), entretanto não precisamos ficar pegando só gripe de colega do trabalho.

Vou escrever o que eu faço/penso e você vê se te ajuda, papai. Isto não quer dizer que eu seja o pegador do Bairro do Limão, MUUUUITO PELO CONTRÁRIO, mas quem sabe funciona com você:

1 – Eu organizo as finanças. Parte importantíssima, digna de número 1, porque é você quem paga o rolê com a mulherada. Sair gastando dinheiro que não tem, pode comprometer alguma necessidade do seu filho.

2 – Escolha uma mina que more perto. A não ser que ela seja maravilhosa, linda, loira, olhos verdes, engraçada, compreensiva… Isto tudo já vale a gasosa ou a passagem de ônibus. Aproveita, ué. Não é todo dia que aparece mina assim.

3 – Se cuide o máximo que puder pagar. Academia entra no orçamento? Faça. Não fica vacilando e engordando, brow. Tenha uma boa alimentação! Eu posso recomendar amigos meus que fazem dieta boa e barata para quem interessar! (Fiz o marketing, hein, Biel e Ti?kkk)

4 – Não vai cair na ideia de dar em cima de mina do trampo!!! Onde se ganha o pão, não se come a carne! Aí você é mandado embora e seu filho se lascou por uma imbecilidade sua.

5 – Não procure uma nova mãe para seu filho. Procure uma mulher que goste de você. Ela não tem nada a ver com o filhote.

6 – Leve a escolhida para lugares com preço/benefício. Nada de querer se aparecer e bancar um Paris 6 logo no primeiro encontro. Pode ser um passeio numa praça bonita (alô paulistanos, na Vila Madalena tem uma) e depois uma breja em um bar. Fica tranquilo de pagar.

7 – Trate a mina MUITO bem. Seja criativo, romântico e atencioso. NÃO GRUDA LOGO DE CARA. Não é isso, mas tenta surpreendê-la com mimos e tal. Mulher gosta de quem faz coisas legais. Presta atenção no que a gata está falando. Não fica imaginando ela sem roupa, enquanto a donzela conta sobre a vida. Você pode perder dicas legais para um dia dar um presentinho. E pensa comigo: ela topou sair com você. Isso é demais. “Cara, ela tá tão na sua”, diria o viral do Face.

8 – Bonitão, UMA MINA SÓ. Não acumule confusão.

9 – Nada de usar a criança pra ganhar a garota. Eu só apresento a Laura para mulheres realmente especiais e que eu perceba que terá futuro.

10 – Tenha bom hálito. Trident, hoje eu vou te usar.

Se eu lembrar de mais coisas, posto aqui.

É noiz, molecada.

Ah! Tira uma foto bonito e coloca no perfil do Facebook. Ninguém merece essa cara de morto aí no perfil.

Tipo a minha ó!

20130221-104803.jpg

Não precisa ser gay, mas pelo menos apresentável.

Fui!

21 thoughts on “O papai jovem solteiro

  1. Primão, fantástico! Como sempre você surpreende pela simplicidade, assertividade e facilidade de entendimento dos textos. E pensando bem….muitos dos conselhos servem também para os casados manterem seus casamentos em ordem….Parabéns de novo! Grande abraço, Julio Rafael!

  2. Ótima as dicas que deu….o item 4 faz sentido….mas não se pode comer pão com carne ?
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Vc é show.
    Aaaaaaaaaaaaaaah esta sexy na foto….
    Bjuuuuuuuuuuuus

  3. É, Guilherme, se pra vocês é difícil, imagina pra mulherada mãe solteira? Não sou jovenzinha (32 tá legal, né?), mas o encalhamento é geral, meu querido! Hahahaha…

  4. É isso aí…. Gostei bastante do texto.. e do blog… Parabéns!!!
    Ainda não sei se tem (deve ter..) um blog sobre mães solteiras… mas, se a gente juntasse as duas coisas, logo logo não precisaríamos mais desses blogs, concordam??
    bjuss

  5. É isso, Guilherme!!! Tão simples!!! Se vc morasse em BH, eu ia te dar uma “mordida” (de criança) rsrsrsrs Vc é um fofo!!! *.*

  6. Não estou brincando, Carol. É só ver como os ex refazem suas vidas mais rapidamente do que as ex. Não só isso: a gente fica mais vulnerável, com medo de se machucar de novo e desapontar (culpa, teu nome é mãe) os filhos – de novo.

  7. Nem brinque com isso, tenho gêmeas rsrsrs, nao me relacionei com ninguem depois do pai delas, e sua dica foi muuuito importante, agora sabendo que o negocio eh difícil rs, direi que as meninas são minhas irmãs!!! Hahahaha

  8. Uma das coisas que sempre me incomodou é a não-aceitação do pacote completo, que demanda: cancelamento de programa de última hora por causa de filha doente, fim de semana compartilhado (não dá pra sair pra viajar com o namorado 15 dias e largar a criança deus sabe onde), respeito no relacionamento a três (ou quatro, no meu caso).
    E o pior (e mais triste) nisso tudo é que a maior parte dos homens não quer nada com mulher com filhos. Já ouvi até homem dizer que não aceita “mulher com família já formada”. Depois de três relacionamentos que terminaram por conta de uma das opções acima, desisti. Mês passado um cara ficou um tempão conversando comigo numa fila na Livraria da Travessa. Pediu meu telefone, combinamos de tomar um café. Ao ver minhas filhas se aproximando (eu estava esperando por elas) ele fez o quê? Sumiu. Nunca mais. E aí ficamos nós, mulheres bonitas, bem resolvidas, profissionalmente estabelecidas maaassssssss com filhos, literalmente sem ninguém.

    É, eu sei. Mimimi de mãe solteira.
    Sorry.

  9. Adorei!!!!! Guilherme você poderia dar umas dicas para nos, as mamães solteiras também o que acha 🙂 ????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s