Estampado na minha cara

Eu sou uma pessoa que não esconde humor.

Mas nem se eu quisesse, porque quando eu estou com qualquer sentimento, dá pra ler na minha testa como eu estou.

Se estou feliz, as pessoas percebem. Se estou com ciúmes, cansado, estressado também…

É um defeito que eu tenho.

Ontem um grande amigo me disse:

– Você está com uma cara de cansado…

E eu disse que estou na “correria”, sabe, papai?

Estamos quase no meio de 2012 e eu não sei se vou aguentar essa pressão. Ontem chorei sozinho vindo trabalhar.

A vida não para pra mim. É das 8h às 00h. Turno duplo dando aula de inglês, mais a vida de jornalista. Tudo para tirar uma graninha a mais.

Ninguém disse que seria justo, tá ligado?

Ok, deixei minha saúde de lado para conseguir dinheiro. Vou fazer o quê? Entrar na vida eterna das dívidas bancárias e pegar um empréstimo? É uma opção, mas não tive outra saída, senão trabalhar, trabalhar e trabalhar.

Vida de pai, meu caro, é arrumar brechas no trabalho para ficar com o filho. Ainda mais nós que somos jovens e temos a obrigação de ganhar dinheiro, sem nenhuma experiência de trabalho.

Você leu que eu chorei… Pois é…A Laura me pediu:

– Papai, não vai trabalhar hoje, não…

– Não posso, filha. Não posso.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s